terça-feira, 20 de julho de 2010

Você está saindo da minha vida e parece que vai demorar.


Existem coisas na vida, que demoram até serem completamente esquecidas. E você é uma delas. As vezes acho que finalmente me livrei de você, mas paro e penso. Percebo que ainda tem um pouco (ou seria muito?) de você dentro de mim. O pior é que nada posso fazer. Aliás, porque me encantei por você ? Não faz sentido, nunca troquei palavras com você, mas, não dá para explicar o amor. Por um lado, você me fez absurdamente mal, mas por outro lado, eu poderia ficar pior se você fosse embora por algum motivo. Ah, se você soubesse tudo o que eu sinto, será que seria diferente ? Tenho medo de arriscar, tenho medo de me ferir mais ainda. Melhor deixar tudo como está, e deixar que o tempo resolva tudo isso, deixar que o tempo apague você da minha vida, ele vai te apagar aos poucos, eu sei que vai. E um dia, toda essa dor, toda essa agunia não fará mais parte de mim. Mas acho que sempre, vou querer saber que você está sorrindo, seja por qual motivo for.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário